BIOGRAFIA

Pianista, compositor, arranjador e produtor musical, a música sempre esteve presente na vida de Hamleto Stamato Junior. Seu pai, também chamado Hamleto , foi um brilhante saxofonista e flautista, que integrava as bandas de Hermeto Pascoal e Martinho da Vila na década de 70.

pianista e compositor Hamleto Stamato
Hamleto Stamato

Nascido em Bebedouro (SP) em 04/02/68, iniciou seus estudos de piano aos 6 anos de idade em São Paulo. Com a morte do pai, retornou para Bebedouro onde estudou no Conservatório de Música dos 11 aos 13 anos; aos 16 anos mudou-se para o Rio de Janeiro, onde se formou em Bacharel em piano pela Universidade Estácio de Sá. Em 1988, tornou-se profissional, sendo logo reconhecido como um dos mais promissores pianistas de sua geração.

Em 1993, gravou o CD Ioiô, primeiro trabalho solo do guitarrista Nelson Faria, sendo parceiro de Nelson e Rodolfo Cardoso na faixa título do CD.

O percurso do músico, entretanto, começou com shows fora do Brasil e passou para grandes produções em estúdio. Tocou com Claudia Telles, Marisa Gata Mansa, Tim Maia , Danilo Caymmi. Com Rosa Passos, viajou em turnês pela Venezuela, Espanha, Suécia e Dinamarca. Com Leny Andrade em turnes pela Europa e Japão. Como trombonista Raul de Souza em turnês e festivais de jazz pela Suécia e Dinamarca.

Em 1995, tocou em Moscou, com o trio de Bossa Nova “Fogueira Três” e na escola de ballet Bolshoi. Em 1997, no Free Jazz Festival, integrou a banda de Paulinho Trompete.

Em 2000, tocou com Robertinho Silva e Ney Conceição, no Queen’s Theater em Nova Iorque. Lançou o selo BrPlus, estúdio criado em parceria com PH Castanheira. Desde 1995 até 2009, a dupla assinou grandes produções na TV Globo, como Criança Esperança, e Brasil 500 anos, transmitidos para o Brasil e outros países da América Latina. Realizaram shows ao vivo na França durante a Copa do Mundo em 1998 e em Brasília em 2000, com arranjos e regência do maestro Chiquinho de Moraes.

Uma de suas composições, Tema da Academia, fez parte da trilha sonora da novela “Andando nas Nuvens” da Rede Globo.

Em 2004, sob a direção musical de Nelson Faria, participou do lançamento do song book de João Bosco, acompanhando Ivan Lins, Leila Pinheiro, Simone e Djavan. Tocou, compôs e arranjou para os programas Fama e Criança Esperança da rede Globo, além de acompanhar e escrever arranjos para João Bosco, Simone, Elba Ramalho, Lenine, Daniela Mercury e família Caymmi na produção musical da Estação Globo de Novelas. Também tocou acompanhando Milton Nascimento, Ivan Lins, Jorge Aragão, Dudu Nobre, Beth Carvalho, Alcione, Simoninha, Ivete Sangalo, Paulinho da Viola, Martinho da Vila, Caetano Veloso em shows da mesma emissora.

Em 2003 lançou seu primeiro disco solo, o Speed Samba Jazz (CD muito bem recebido pela crítica especializada), com formação de trio e contou com a participação especial de Paulinho Trompete no flugelhorn, dando origem à série. Em 2005, lançou o CD Speed Samba Jazz 2, que contou com a participação especial de Hermeto Paschoal na escaleta, tocando Chorinho pra Ele.

Foi produtor musical e arranjador dos programas Fama 4 e Estação Globo 2006, 2007 e 2008. Ainda em 2007, lança o Speed Samba Jazz 3, seu terceiro disco solo, com Ney Conceição no baixo e Erivelton Silva na bateria, com este trabalho foi indicado ao prêmio Tim na categoria melhor grupo instrumental.

Em 2009, com patrocínio do Banco BMG, através da Lei Federal de Incentivo à Cultura do Governo Federal, gravou o seu primeiro DVD, Gafieira Jazz, que ganhou o reforço de um naipe de metais formado por Paulinho Trompete, Widor Santiago(sax) e Roberto Marques, (trombone) foi filmado ao vivo, no Pólo Cine Vídeo no Rio de Janeiro.

Com este trabalho realizou uma turnê pela Europa e leste Europeu em 2011, durante um mês, se apresentando em 9 países, foram 18 shows alternando-se entre clubes e festivais de jazz, fez concertos na França, Alemanha, Polônia, Estônia, Croácia, Sérvia, Letônia, e Lithuania.

Em 2011, lançou o CD Speed Samba Jazz vol 4, com participação especial de Léo Ortiz no violino.

E em 2015, lança o CD Speed Samba Jazz, vol 5 com Ney Conceição no baixo, e Erivelton Silva na bateria.

Tributo a Mileto por Hamleto Stamato